O que Significa a Rede Globo pedir o fim da Universidade Pública? 

​Rede Globo pede a Temer o fim da Universidade Pública. Motivo: vingança. 

É preciso analisar porque o ilustra o tipo de país que a Rede de TV quer/deseja. 

Supondo que Temer atenda,  Não há um grupo capaz de comprar todas as estruturas universitárias.  Portanto,  Boa parte deveria ser comprada por grupos econômicos do exterior.  

Para dar lucro seria necessário fazer os famigerados “ajustes”.  

Provavelmente a pesquisa  seria reduzida a apenas aquela que dá  lucro a curto prazo. E só aquela “de ponta”,  licenciaturas e engenharias sofreriam cortes certeiros.   

Resultado: Demissão  em massa dos Pós-doutores/doutoras e Doutoras/Doutores.  

É preciso notar que ao privatizar as universidades públicas automaticamente o custo das pesquisas passam para as empresas.  Que mesmo hoje não tem condições  de fazer isso.  

Ou seja: seria o fim da pesquisa,  seria o retorno a condição de Colônia em produção científica.  Condenados a importar tudo. 

Pela Globo tudo bem ser um país que não  agrega valor a seus produtos.  

Nossas empresas empregam pessoas formadas nas federais,  São elas que vão assumir os custos de formação altamente qualificada?  

O que as universidades particulares vão fazer? 

Assumir os custos dessa formação ou demitir para baixar seus custos e continuar com mensalidades acessíveis?  

Caso as universidades sejam privatizadas,  qualquer que seja o preço, o resultado é ao fim de um tempo,  ver o lucro ser remetido para o exterior.  

O que leva a situação  de contribuir para déficits nas contas,  porque dinheiro saindo significa que seria necessário  equilibrar com exportações  (dinheiro entrando).  

Mas como fazer isso se as empresas tem que importar tudo?  Pagar patentes internacionais,  arcar com uma formação que antes não tinha que fazer… 

Portanto,  nem por essa lógica mais economicista o fim das universidades públicas se justifica.  

Contudo,  Não  há  contradição nisso.  Pois a Rede Globo  Não defende a indústria Nacional.  Ela defende a abertura da economia.  

Ou seja,  a proposta de país da Rede é retornar  a condição de Colônia econômica abdicando de qualquer ação própria,  na economia,  na pesquisa,  no ensino e etc.  Para privilegiar os poucos que não dependem da produção nacional.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s